Você está cansado?


“Havia muita gente indo e vindo, a o ponto de eles não terem tempo para comer. Jesus lhes disse: Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco” (Marcos 6.31)

Você está cansado? Com certeza sim! Final de semestre, muitas provas, trabalho apertado, transito sempre carregado, e com tudo isso, não tem com não dizer que a vida em São Paulo é uma correria.

Graças a Deus, o mês de julho está chegando! E agora, nada melhor do que, de uma maneira ou de outra, alguns desfrutarem de um tempo não tão estressante, sendo que o trânsito melhora um pouco, as provas já passaram, alguns estão de férias, etc…

Descansar não tem nada de errado, é recomendável e bom, o próprio Senhor Jesus viu esta necessidade nos seus discípulos e em si mesmo, a ponto de dizer “venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco”. Mas, neste contexto, o povo viu que eles se retiraram a descansar e foram atrás:

“Mas muitos dos que os viram retirar-se, tendo-os reconhecido, correram a pé de todas as cidades e chegaram lá antes deles”. (Marcos 6.33)

Muitas pessoas correram atrás do Senhor Jesus a fim de ouvi-lo e quem sabe serem curadas de suas enfermidades. O Senhor Jesus poderia dizer: “Agora é a hora do meu descanso, aliás eu trabalhei duro, curei muita gente, expulsei muitos demônios, agora nada melhor do que umas férias”. Mas não é isto que o texto nos mostra. Olha o que ele diz:

“Quando Jesus saiu do Barco e viu a grande multidão, teve compaixão deles, porque eram como ovelhas sem pastor. Então começou a ensinar-lhes muita coisa”. (Marcos 6.34)

O Senhor Jesus teve compaixão e uma compaixão ativa, não foi apenas de palavras, ele começou a alimentar a alma e, logo em seguida, alimentou o corpo do povo, saciando a fome de mais de cinco mil homens (fora mulheres e crianças), que foram alimentados todos a partir de cinco pães e dois peixinhos multiplicados pelo Senhor.

A maior lição que tiramos deste texto é que o nosso Senhor Jesus NUNCA SE CANSAVA DE FAZER O BEM, DE TRABALHAR PELO REINO. Por isso, meu conselho a você é que aproveite o mês de julho que está chegando, descanse, mas não faça disso um motivo para não fazer o bem, ou não se engajar nos projetos do Reino de Deus. Que possamos ter sempre em mente o exemplo de Jesus na hora do descanso.

Deus abençoe sua vida!

Pr. Davi Helon